Weby shortcut
Banner - História do HC
FOTO - CEROF - Entrada do prédio

CEROF participa do Projeto "Olhar Brasil"

Atualizado em 02/10/13 10:37.

CEROF fará atendimento neste sábado, dia 05, de mil pessoas a partir dos 06 anos de idade que estejam matriculadas na rede pública de ensino. Projeto é uma parceria entre os Ministérios da Educação e da Saúde e visa identificar e corrigir problemas visuais de educandos com o intuito de contribuir para o processo ensino/aprendizagem.

O Centro de Referência em Oftalmologia (CEROF) do Hospital das Clínicas da UFG realizará no próximo sábado, dia 05 de outubro, o atendimento de mil pessoas, a partir dos seis anos de idade, que estejam matriculadas na rede pública de ensino, para a identificação e correção de problemas visuais que estejam causando dificuldades no processo de ensino e/ou aprendizagem.

O atendimento do CEROF faz parte do “Projeto Olhar Brasil”, uma parceria entre os Ministérios da Saúde (MS) e da Educação (MEC) que se propõe a atuar na identificação e na correção de problemas de visão dos educandos de escolas vinculadas ao Programa Saúde na Escola (PSE) e dos alfabetizandos cadastrados no Programa Brasil Alfabetizado (PBA), gerido pelo Ministério da Educação.

Instituído em 2007, o projeto tem como objetivo contribuir para a melhoria do processo ensino/aprendizagem, a partir da prevenção, identificação e correção de problemas visuais em educandos matriculados na rede pública de ensino. Objetiva ainda contribuir para a redução da evasão escolar e da dificuldade de aprendizagem, bem como reduzir os danos causados por grandes limitações causadas pelas doenças que afetam a visão. Abrange ainda a população com idade igual ou superior a 60 anos visando contribuir para a melhoria da qualidade de vida desta população.

O CEROF participa de uma intensificação deste projeto nesta semana - entre os dias 30 de setembro e 05 de outubro de 2013. No sábado, dia 05, serão colocadas duas tendas no estacionamento do CEROF para acolhimento dos pacientes que serão encaminhados/regulados pela Secretaria Municipal de Goiânia. Não serão atendidos pacientes de demanda espontânea.

Fonte : Ascom / HC-UFG

Listar Todas Voltar